Novos hábitos de consumo nos app de delivery

Novos hábitos de consumo nos app de delivery

Novos hábitos de consumo expandiram os aplicativos de Delivery

A cada ano que se passa ficamos na expectativa das novas tendências, dos novos tipos de mercado que vão emergir no cenário nacional e quais serão os novos hábitos de consumo da geração. Uma pesquisa realizada pelo IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Público e Estatística) com 1.800 de diversas cidades, divulgou que 56% dos entrevistados consomem comida delivery semanalmente.

Com base nesses dados, diversos outros hábitos foram descobertos:  14% realizam pedidos mais de duas vezes e 18% pedem em média duas vezes na semana. Os horários de maior fluxo de pedidos são o jantar no final de semana, que compõe 67% dos pedidos, seguido de jantar durante a semana e o almoço aos sábados e domingos.

Uma nova geração que já nasceu na “era da tecnologia” acostumou-se ao hábito de consumir produtos, seja ele de qual segmento for, com praticidade e agilidade. Hoje, nós temos entregas de produtos em domicílio que acontece em até 24 horas após a compra, temos supermercados que entregam as compras que você faz online, entre outras modernidades que ao longo dos anos vão se aprimorando.

Os aplicativos de Delivery tiveram o seu “buzz” em 2011 quando o Ifood estourou para o Brasil. O marketplace encantou a todos com a sua praticidade e a liberdade de escolha que dava ao consumidores que, podiam escolher qual comida e qual restaurante quisesse, além de diversas formas de pagamento. Aonde quero chegar com esse assunto? VAMOS LÁ!

Com a revolução tecnológica, os aplicativos de delivery contam com funcionalidades que o público adora, como a possibilidade de procurar por restaurantes próximos, por tipos de pratos ou tempo de entrega. Há alguns anos esse tipo de pesquisa poderia levar dias e o resultado não necessariamente seria positivo. Agora, basta alguns cliques no smartphone e o aplicativo já relaciona os estabelecimentos adequados aos interesses do consumidor, que também pode cadastrar um cartão de crédito na plataforma e nem precisa mais se preocupar com o pagamento na hora da entrega.

Segundo dados da ABRASEL (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), o ritmo de crescimento/faturamento no número de pedidos via aplicativos de delivery é de R$1 bilhão a cada ano, um crescimento superior a 12%. Em 2015, as cifras superaram R$9 bilhões.

Entretanto, a concorrência dentro de um marketplace é enorme, sobretudo que você não está apenas vendendo um produto, você está concorrendo com diversos outros estabelecimentos que estão próximos a você e vendem o mesmo produto ou que entregam em menos tempo que você. O que fazer para se destacar? Tenha a sua própria loja web e o seu aplicativo sem taxas e comissões, crie as suas próprias promoções e divulgue melhor o seu restaurante. Quer saber como? É fácil, estou aqui.

Fonte: EXAME, Megaleios, Meio&Mensagem